Buscando a notícia para você desde 2007 - Costa do Sol - Ano 10 -
Mostrando postagens com marcador Saquarema. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador Saquarema. Mostrar todas as postagens

Marinha alerta para ressaca com previsão de ondas de até 3 metros. Mundial de surf vai pegar "fogo".

Marinha do Brasil emitiu alerta de ressaca para a sexta-feira (19) e o sábado (20) entre Laguna (SC) e Farol de São Thomé, em Campos dos Goytacazes, no Norte Fluminense. Saquarema, que recebe a etapa do campeonato mundial de surfe, está na área por onde o fenômeno deve passar. As ondas poderão chegar a 3 metros.

Na terça-feira, os ventos fortes e ondas irregulares na Praia de Itaúna levaram a organização da etapa brasileira do Circuito Mundial a adiar a repescagem entre Gabriel Medina, Wigolly Dantas e Yago Dora. A bateria foi vencida na manhã desta quarta por Dora.

A previsão da Marinha é que a região com maior ondulação seja entre Cabo Frio e Arraial do Cabo, na Região dos Lagos do Rio.

Para a sexta-feira, deve haver ventos entre 15 e 25 Km/h, o que deve contribuir para o avanço do sistema de alta pressão que se movimenta para o Sul do país e impulsiona a ondulação, de acordo com a Marinha.


Fonte : G1
Foto   : Paulo Henrique Cardoso - G1





Região dos Lagos recebe 2,6 milhões para manter UPAs e hospitais

As cidades de Cabo Frio, Araruama e Saquarema, na Região dos Lagos do Rio, receberão R$ 2,6 milhões para manter as Unidades de Pronto Atendimentos (UPAs) em funcionamento e hospitais. O dinheiro faz parte de um montante de R$ 194 milhões do Ministério da Saúde destinado para os custeios das unidades de saúde do RJ.

Ao todo, 21 UPAs foram contempladas com parte da verba destinada pela bancada e cada uma delas receberá R$ 400.000,00 para custeio. Já os Hospitais recebem R$ 900 mil cada um.

Para o deputado federal Hugo Leal (PSB/RJ), coordenador da bancada na Câmara dos Deputados, a notícia é positiva.

“A decisão do Estado de aplicar grande parte dos recursos da emenda nas Unidades de Pronto Atendimento nos animou bastante”, disse.

Veja o repasse por unidade de saúde

-UPA Municipal de Cabo Frio - R$ 400 mil
-UPA Municipal de Araruama - R$ 400 mil
-Hospital Estadual Roberto Chabo - R$ 900 mil (Araruama)
-Hospital Estadual dos Lagos - R$ 900 mil (Saquarema)




Fonte : G1
Foto   : Google

Corpo de cantora Loalwa Braz é liberado do IML depois de 3 meses para sepultamento

O corpo da cantora Loalwa Braz foi liberado do Instituto Médico Legal (IML) de Araruama, na Região dos Lagos, e levado para uma funerária em Bacaxá, distrito de Saquarema, na noite desta segunda-feira (13). Segundo a família, o translado para Serra (ES) começará nesta quarta-feira (15), e a previsão é que o sepultamento aconteça na quinta (16) no Cemitério Jardim da Paz. Na sexta-feira (10), a Justiça liberou a ordem de sepultamento da cantora de "Chorando se foi", encontrada carbonizada em janeiro em Saquarema.

O corpo ficará na Capela 2 da Funerária Região dos Lagos até o início do transporte. A família conseguiu a certidão de óbito necessária para a liberação, mas reclamou da burocracia.

"É muita burocracia. Agora o IML produz uma certidão e, com a certidão, o atestado é feito em cartório. Ela é necessária para o agente funerário fazer o traslado", disse Walter Braz, irmão da cantora. Loalwa será enterrada no Espírito Santo, ao lado da mãe.

O irmão da cantora disse que o resultado da identificação, que foi obtido pelo Instituto de Genética Forense, no Rio de Janeiro, saiu no dia 22 de fevereiro, mas só chegou à Saquarema na terça (7), ficando pendente apenas a autorização judicial.

Desde o dia do crime, a família da cantora lutava para conseguir a identificação formal pelas autoridades, condição necessária para o traslado do corpo para outro estado.

A demora para a retirada do material genético do corpo de Loalwa ocorreu pela falta de nitrogênio líquido, reagente usado no exame de DNA. A família já havia reclamado da falta do reagente e da dificuldade em liberar o corpo.

Morte
Loalwa Braz foi assassinada no dia 19 de janeiro. O corpo dela foi encontrado carbonizado no porta-malas do próprio carro, que tinha sido levado por dois assaltantes. Três suspeitos de envolvimento na morte foram presos e autuados pelo crime de latrocínio, cuja pena máxima é de 30 anos.

Eles foram levados para o Complexo Penitenciário de Gericinó, em Bangu (RJ). Um deles era funcionário na pousada onde Loalwa era dona e morava.

O delegado Leonardo Macharet disse que foram levados cerca de R$ 15 mil, louças, discos da cantora e porcelana.



Foto - Futura press


Fonte : G1

Foto 1: Arquivo Pessoal