Buscando a notícia para você desde 2007 - Costa do Sol - Ano 10 -

Sequestro na Ponte Rio Niterói acaba sem feridos. Polícia invadiu o coletivo e prendeu o bandido

Um assalto com reféns em um ônibus na subida Ponte Rio-Niterói bloqueou o acesso ao elevado pela Avenida do Contorno no sentido Rio. 

Equipes da Polícia Militar e da Polícia Rodoviária Federal cercaram o coletivo e negociaram a rendição do suspeito, que ocorreu às 9h50m. O motorista do ônibus e todos os passageiros estão sendo levados para a 76ª DP (Centro).

Reféns sendo atendidos numa ambulância Foto: Ricardo Rigel / Agência O Globo

Um dos reféns falou sobre os momentos de tensão pelos quais passou:

- A PRF graças a Deus notou (o assalto no ônibus). Ele queria todo o tempo ir para a Ponte. Estava muito nervoso. Não sabíamos se a arma era de verdade ou de brinquedo. Quando a Blazer da PM chegou, ele ficou mais nervoso. Chegou a falar: "Passa por cima". Foi um sufoco. - contou Tiago Freira, auxiliar administrativo.

A ocorrência começou às 8h50m em um ônibus da Viação ABC, linha Alcântara-Niterói, número 409, que passava pela Avenida do Contorno, antes de subir para a travessia da ponte. O acesso foi interditado para a resposta policial.

De acordo com a polícia militar, a grávida que estava como refém na Avenida do Contorno já foi resgatada e atendida por uma ambulância.

Ônibus da linha 409 bloqueou acesso à Ponte Rio-Niterói com o assalto 
Foto: Niterói Radar

O universitário Vinícius Maia, de 26 anos, passou pelo local no momento em que os policiais negociavam a libertação dos reféns. Segundo ele, no ônibus havia entre 10 e 15 pessoas.

— Havia muita gente chorando, nervosa. Além dos policiais, eu vi ainda três ambulâncias perto — relatou o jovem.

Policiais negociam libertação de reféns Foto: Divulgação/PMERJ

Nas redes sociais, internautas comentam o assalto. Fotos de usuários mostram engarrafamento na via.


Fonte : Jornal Extra
Fotos : Créditos na foto